Postado Por : João Eduardo Caldeira 25 janeiro 2011

O presidente José Carlos Dalanhol já tinha ouvido rumores acerca da intenção de Ivair Cenci, mas ficou supreso e muito abatido com a confirmação, que aconteceu na manhã de ontem, através de oficial de Justiça.

Gaúcho do Milho assume que o VEC deve três meses de remuneração ao ex-técnico, que está de posse de três cheques que somam cerca de R$ 10 mil. Mas, desde o ano passado, alertou Cenci acerca das dificuldades financeiras do Vilhena, e pediu prazo para quitar a dívida após o início da temporada, quando o clube pode começar a faturar.

"Não temos renda, estamos sem patrocínio, e não poderemos fazer o jogo da Copa do Brasil na cidade, o que vai prejudicar a arrecadação. Mas jamais negamos a dívida, e esperávamos um pouco mais de consideração por parte dele. Afinal, Ivair ganhou, entre salários e agenciamento de jogadores, mais de 150 mil reais em dois anos. Além disso, a cidade de Vilhena lhe concedeu até um terreno na área urbana. Ele não podia ter feito isso conosco", argumenta.

Apesar da tristeza com a atitude do ex-técnico, Dalanhol está mais magoado é com o advogado Armando Krefta, que até pouco tempo atrás fazia parte da diretoria do Vilhena, e "sabe muito bem qual é a situação financeira do clube. Ele traiu o VEC e seus torcedores".

Na avaliação de Gaúcho, a atitude de Ivair foi tomada porque o clube não o procurou para trabalhar nesta temporada. "Não tínhamos mais como arcar com as despesas com Ivair, apesar da sua comprovada capacidade profissional. Na época dele, a folha de pagamento do clube alcançava os R$ 70 mil, e hoje ela não passa de trinta mil reais ao mês", explica o presidente.

O presidente também acha que o ex-técnico não está passando por dificuldades financeiras. "Graças ao emprego no Vilhena, no ano passado, feito às claras e com carteira assinada, ele está recebendo seguro-desemprego de mais de dois mil reais por mês. É difícil acreditar que possa estar passando fome", alfinetou Gaúcho.

Sem conseguir esconder o desânimo, Dalanhol vai amanhã viajar para Ji-Paraná em busca de patrocínio para o jogo da Copa do Brasil. "Infelizmente, não conseguimos nada em Vilhena".

A audiência entre Ivair Cenci e o Vilhena Esporte Clube acontece no dia sete de fevereiro.


Fonte: Extra de Rondônia

Deixe um Comentario

ATENÇÃO! Comentários anônimos podem NÃO ser publicados. Se possível, identifique-se para melhor interação com os usuários

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Tecnologia do Blogger.

MUSEU VIRTUAL

COMPAREÇA AOS JOGOS

COMPAREÇA AOS JOGOS

FUTEBOL DE RONDÔNIA

OFERTAS

LOBOS DO CERRADO

Arquivo

Copyright © Vilhena Esporte Clube - Blog do Torcedor - Criado por João Eduardo Caldeira - Design por Patricky Gabriel Sarturi